Arte no Escritório

O mundo dos escritórios é geralmente considerado um lugar onde se atua de forma racional e objetiva.

Num local onde as pessoas passam grande parte de sua vida, a atmosfera o mobiliário o espaço e os equipamentos devem ter um efeito envolvente e sedutor para as pessoas que ali trabalham.

As empresas que se preocupam com seus colaboradores, planeiam os interiores dos escritórios com detalhe e recorrem a designers de interiores e profissionais.

A ergonomia do mobiliário, a iluminação, a acústica e não menos importante, a climatização, devem ser saudáveis e motivadores.
Embora estes requisitos funcionais sejam entendidos, isso não significa que as necessidades emocionais dos colaboradores sejam atingidas.

O ponto de partida deste pensamento é a Corporate Culture.
A par do design e da comunicação, a cultura corporativa é um dos pilares da identidade empresarial.  Cultura, Comunicação e Design, formam a base da identidade de qualquer negócio, que não sendo à priori existentes, devem ser criados e continuamente moldados pela empresa num processo ativamente acompanhado.

A Arte faz parte da imagem da empresa e é vista como uma expressão da individualidade e demonstração da criatividade, deve-se por isso trabalhar na decoração das áreas de receção, corredores, áreas de comunicação e gabinetes, com pinturas ou outros objetos de arte para apelar emocionalmente aos colaboradores.

O sentido apelativo que se pretende transmitir, depende essencialmente da correspondência dos formatos de imagem ou objetos, às condições espaciais, à harmonia da cor com o design de interiores e ao sentido apelativo dos conteúdos.

Mas é aí que reside a dificuldade. No contacto com arte, cada empresa tem de encontrar o seu próprio caminho, não há fórmulas mágicas.
Onde a arte envolva as pessoas, o estado emocional vai ser melhorado e por sua vez contribuir para a motivação e bem-estar nos locais de trabalho.

O mundo empresarial é racional e concentrado, mas a arte dá a harmonia, sensibilidade e o inusitado e mesmo que feito inconscientemente, as cores, formas e texturas são capazes de influir no humor e estado de espirito dos colaboradores.